The Circle Collection

0 EUR











Tem dias em que parece que nos movemos em “loops” e que damos grandes voltas para terminar no preciso lugar onde começámos. Ficamos presos num círculo, na repetição, nas sequências dos dias e da vida. Tem dias em que nos apetece romper o círculo ou apenas sair desse para outro qualquer. Mas como? De tanto andar à volta, baralham-se-nos as ideias e muitas vezes paramos, na expectativa de que a tontura passe. Para não entrar nesse marasmo, não ficar tonta e continuar a reflectir, lancei uma colecção - repetitiva e cheia de loops –, criada com o recurso a um movimento que ao atingir uma determinada cadência se tornou medidativo. Chama-se “Circle Collection”, essa forma pura da geometria que tantas vezes nos deixa enviesados.

//

There are days when we seem to move in loops and take big turns to finish where we started. We are trapped in a circle, in repetition, in the sequences of days and life. There are days when we feel like breaking the circle or just going from that to another. But how? With so much going around, the ideas are confused and we often stop, in the expectation that the dizziness ends. In order not to get dizzy and continue to reflect, I launched a collection - repetitive and full of loops - created using a movement that reached a certain cadence became meticulous. It's called "Circle Collection," that pure form of geometry that often leaves us skewed.

email: ritasevilhaweaving@gmail.com